“Liberdade”: Após transar com Tolentino, André é preso


  • © TV Globo
  • © TV Globo
  • © TV Globo
  • © TV Globo
  • © TV Globo
  • © TV Globo
  • © TV Globo
  • © TV Globo
  • © TV Globo
  • © TV Globo
  • © TV Globo


André (Caio Blat) será levado para a cadeia por crime de sodomia nos próximos capítulos de “Liberdade, Liberdade”. Na cena prevista para ir ao ar na próxima sexta-feira (15), o fidalgo terá que enfrentar Tolentino (Ricardo Pereira) olhos nos olhos durante interrogatório.

Apesar de toda pressão dos Dragões de Minas para que entregue o nome do homem com quem cometeu o crime, o filho de Raposo (Dalton Vigh) não falará. Preferirá ser posto a ferros a prejudicar Tolentino.

Antes disso, o irmão de Joaquina (Andreia Horta) se decepcionará com o coronel. André chegará ao bordel e logo se deparará com Tolentino vindo dos quartos abraçado a Gironda (Hanna Romanazzi).

O rapaz irá até o amante para conversar sobre a noite de amor que tiveram, mas o militar dirá que não tam nada a falar com o amigo. O herdeiro de Raposo insistirá no assunto: “Depois do que aconteceu ontem…”.

Tolentino, contudo, fechará a cara, abraçará a prostituta e avisará: “Vou me amigar com Gironda. Vou botar casa pra ela e fazer dela minha mulher”.

Beijo, carícias e nudez marcaram cena de sexo gay

A tão aguardada cena de sexo de André e Tolentino foi ao ar na noite da última terça-feira (12), pela TV Globo. Ousada, a inédita sequência foi exibida com tudo o que se tem direito: beijo, carícias e até nudez.

Após ser humilhado por Rubião, o coronel foi consolado pelo fidalgo e os dois se renderam à forte atração que nutrem um pelo outro.

De cara, os atores trocaram beijos nada delicados. Em seguida, tiraram a roupa e o ator português foi filmado com o bumbum de fora. A dupla apareceu trocando carinhos e abraçados na cama.



Close sidebar