Clara revelará detalhe sobre herança a Gael em “Paraíso”


  • © Divulgação/TV Globo
  • © Divulgação/TV Globo
  • © Divulgação/TV Globo
  • © Divulgação/TV Globo
  • © Divulgação/TV Globo
  • © Divulgação/TV Globo
  • © Divulgação/TV Globo
  • © Divulgação/TV Globo
  • © Divulgação/TV Globo
  • © Divulgação/TV Globo
  • © Divulgação/TV Globo
  • © Divulgação/TV Globo
  • © Divulgação/TV Globo
  • © Divulgação/TV Globo
  • © Divulgação/TV Globo


Gael (Sergio Guizé) continuará insistindo no desejo de garimpar as terras de Clara (Bianca Bin) e levará um verdadeiro balde de água fria nos próximos capítulos de “O Outro Lado do Paraíso”, novela das 21h da Globo.

VOCÊ VIU? Grávida, Patricia Abravanel cai ao vivo no palco do Teleton

Jacqueline Brazil estreia no “JN” e faz sucesso na web

Maria Ribeiro é agredida por segurança de bar na Espanha

Geraldo Luis sonha com Marcelo Rezende e desabafa: “Saudade”

A neta de Josafá (Lima Duarte) mostrará ao marido um documento que proíbe que ele faça qualquer coisa na região. Isso porque apenas ela tem o direito de explorar esmeraldas por ali.

“Meu pai, antes de morrer, me explicou muito bem. Ele realmente acreditava que ia encontrar esmeraldas. Conhecia garimpeiros, sabia do assunto mais do que vocês”, dirá ela, segundo o jornal “O Globo”.

E acrescentará: “Pelas leis do país, o proprietário das terras é o dono apenas da superfície. Não do que está embaixo”.

O vilão, então, questionará sobre a propriedade e a jovem responderá que a União é dona de tudo. “No caso de minérios, é preciso registrar o direito de exploração. Se achar, tem que pagar parte para a União.”

“Quer dizer, Gael, que eu posso ser dona das terras. Mas uma pessoa completamente estranha pode registrar o direito de explorar as esmeraldas. Pode até me pagar uma quantia ridícula por isso”, detalhará.

Clara acrescentará que o pai, por ser cuidadoso, registrou o direito no nome dela. E o filho de Sophia (Marieta Severo) vai disparar neste momento: “Mas se é teu, é meu”.

“Não, não é. Não é uma propriedade. É um direito. Meu pai disse que direito não se divide. Agora, se casou comigo por causa das esmeraldas, deu um tiro n’água. A gente se separa. Levo meu direito comigo”, encerrará.



Close sidebar